Receba nossas novidades

* indicates required

From the blog

A Caixa De Areia

Olá, pet lovers!

Nesse post quero falar sobre um tema muito importante e que sempre gera muitas dúvidas: a caixa de areia dos gatos!

Já fiz um post mega completo sobre problemas de micção inapropriada, então nesse post não vou falar muito sobre problemas comportamentais relacionados à caixa de areia. Hoje quero focar em tipos de caixas, de areias e limpeza das caixas.

QUANTAS CAIXAS DE AREIA DEVO TER EM CASA?

Uma questão que sempre surge é em relação ao número ideal de caixas de areia na casa. Geralmente eu indico para os meus clientes que eles calculem o número mínimo de caixas de areia em casa da seguinte forma: o número de gatos + 1. Ou seja, se você tem um gato, tenha duas caixas de areia em casa. Se você tem três gatos, tenha quatro caixas de areia, e aí por diante.

Como essa é uma conta mínima que eu considero mínima, acho que o cálculo de duas caixas para cada gato também não estaria exagerado, não. Alguns veterinários e comportamentalistas também indicam a conta de uma caixa e meia por gato, por exemplo.

Ou seja, não economize em caixas de areia! Um número de caixas de areia adequado é essencial para prevenir problemas comportamentais e até mesmo problemas médicos, como as temidas cistites.

Alguns gatos não gostam de dividir a caixa de areia, enquanto outros não se importam, e isso tem tudo a ver com a dominância territorial dos bichanos. Para evitar problemas, o ideal é mesmo que cada gatinho tenha a sua liteira e mais uma extra, pois, mesmo que no caso dos seus gatos não se importem de dividir a caixa, manter uma extra na casa é mais que aconselhado. Imagine que por algum motivo o gato se assustou onde está a caixa de areia que ele costuma usar, ele ainda terá outro lugar onde fazer as necessidades dele.

Uma dica boa: em casas com vários andares, é importante que haja um banheiro para o gato em cada andar! Isso fará com que ele tenha múltiplas opções de caixinha para quando bater a vontade e ele sentirá que tem domínio sobre todo o território da casa.

TIPOS DE CAIXAS DE AREIA

Existem vários tipos de caixas: fechadas, abertas, com peneira, automáticas… O modelo ideal não existe! Melhor dizendo, o tipo ideal é o que o seu gato gosta. Não existe opção certa ou errada.

As opções vão das mais baratas até as caríssimas. Uma opção muito barata e que faz muito sucesso é usar aquelas caixas plásticas para massa de cimento! São caixas que custam em torno de 10 reais e costumam ser grandes e fundas, o que os gatinhos adoram. O modelo que estou falando é desse tipo:

TIPOS DE AREIA OU SUBSTRATO

Existem váaaaarios tipos de substrato: areia de argila, pedras sanitárias, granulado de madeira, sílica, substratos naturais como a farinha de mandioca, as areias ecológicas e biodegradáveis… Mais uma vez: o tipo que funcionará para o seu gatinho é o tipo ideal. De modo geral, os gatos gostam dos estilos mais finos e mais delicados nas almofadinhas, mas isso não é regra, ok? Escolha o que funciona para o gato e para você, sua rotina e seu bolso também.

Algumas perguntas comuns sobre areias:

  • Como mudar de um substrato para outro? Para fazer essa transição é preciso ter paciência. Gatos não gostam de mudanças – muito pelo contrário, eles adoram rotina – então o ideal é mudar a areia aos poucos. Mantenha a areia antiga enquanto começa a colocar um pouco da nova, e vá aumentando a proporção da areia nova com o passar dos dias.
  • Posso usar produtos cheirosos e perfumados nas caixas? Mais uma vez, isso vai depender do seu gatinho! Existem aromatizadores para areia e alguns substratos que já são perfumados. Via de regra, os gatos não gostam de perfume e de cheiros fortes (mais a frente vou falar sobre isso na limpeza da caixinha, inclusive), mas há alguns pets que não se importam. Minha sugestão é testar e ver o que funciona para o seu pet. De toda forma, lembre-se que o aroma, o perfume, é importante apenas para você, e não para o seu gatinho.
  • Como descartar corretamente a areia? Isso depende do tipo de areia que você usa com seu gatinho. As areias de argila, que formam um torrão quando a urina entra em contato, não pode ser descartada nos vasos sanitários, por exemplo. Deve ser retirada da caixinha e jogada no lixo. Outras areias, como as biodegradáveis ou os substratos naturais, podem ir direito para o vaso. Leia sempre a embalagem da areia para saber qual o descarte correto.
  • Se a agressão ao meio ambiente é uma preocupação sua, minha sugestão é investir nas areias biodegradáveis ou nos substratos naturais, feitos com farinhas. Esses substratos podem ser descartados diretamente no vaso sanitário e se degradam rapidamente. Outra opção que vale pesquisar são as caixas forradas com pedras de aquário, que são laváveis e, portanto, duráveis. Há alguns vídeos no YouTube ensinando como fazer, como esse abaixo:

TAMANHO E PROFUNDIDADE

Muitos profissionais de comportamento felino e também os veterinários afirmam que o tamanho ideal da caixa é cerca de uma vez e meia o tamanho do gatinho. Eu concordo totalmente com essa afirmação, mas completo que quanto maior a caixa de areia, melhor é para seu gatinho!

Todo mundo gosta de banheiro espaçoso e com seu gato não é diferente. E olha, isso também inclui não economizar no substrato! Coloque areia o bastante para seu gatinho poder cavar e cobrir bem quando for fazer suas necessidades. De modo geral, indico uma camada de 8 a 10 centímetros de substrato no fundo da caixinha.

ONDE COLOCAR A CAIXA DE AREIA DO GATINHO

Evite lugares muito barulhentos como perto de máquinas de lavar que possam assustar o gatinho ou deixa-lo desconfortável, fazendo com que ele associe o momento das necessidades com algo negativo. Lugares com chão muito frio ou desnivelado também não costumam ser apreciados pelos gatos. O local deve ser de fácil acesso e tranquilo, onde o gato possa ter alguma privacidade. Idealmente a caixinha deve ser colocada em um canto, para o gato se sentir mais seguro e à vontade.

A verdade é que, mais uma vez, o melhor lugar para a caixa de areia do gato é o que ele escolher. Para saber qual o local eleito do seu gato experimente colocar várias caixas de areia em diferentes locais da casa e você rapidamente vai perceber qual o preferido do seu gato. O mesmo se aplica ao tipo de caixa de areia. O ideal é ter várias alternativas e ser o gato a escolher – afinal, ele é quem vai usar, não é mesmo?

LIMPANDO A CAIXA DE AREIA

O que já aprendi com meus anos de experiência com gatos – os meus e os dos clientes – é que o principal motivo para os gatos urinarem fora da caixa é a falta de limpeza dela!

Falei um pouco disso em um post recente, sobre os erros que cometemos com os gatos, mas vale reforçar: limpe a caixa de areia do seu gatinho regularmente, todos os dias.

TODOS. OS. DIAS.

Pelo menos uma vez por dia!

Lave a caixa com frequência também. Pelo menos uma vez por semana jogue todo o substrato fora e lave a caixa com detergente neutro e água corrente. Pode passar também um limpador enzimático ou uma solução de água sanitária depois. Deixe secar completamente e só depois coloque a nova areia.

Uma dica extra, que já comentei acima: às vezes o problema não é pouca limpeza, mas sim a LIMPEZA EXAGERADA! Evite usar produtos muito perfumados, álcool, Lysoform, etc, que podem incomodar o olfato sensível do gatinho e afastá-lo ainda mais da caixa. Use preferencialmente produtos neutros, sem perfume.

Então é isso, pet lovers. Cuidem bem do banheiro dos gatinhos de vocês!

Se surgir alguma dúvida, é só comentar aqui no post.

Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *